Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 24 de Janeiro de 2021

Saúde

Estoque do Hemosul volta a baixar após a campanha de doação

Portal do MS

02 de Dezembro de 2020 - 14:37

Foto: Divulgação

Com a queda de 40% nos estoques desde o início da Pandemia, o Hemosul que ganhou algum fôlego com a campanha de doação na semana passada, volta a apresentar baixos índices no início desta semana.  Hoje, quarta-feira, por exemplo, o estoque de O (negativo), que é bastante requisitado, está em 38%. Outros tipos sanguíneos, igualmente importantes, também seguem em baixa. Os números são bastante preocupantes, principalmente quando estamos com hospitais lotados e em plena crise do coronavírus.

E a respeito da doença, inclusive, é bom esclarecer algumas questões importantes ao doador. Quem teve contato com alguém infectado, por exemplo, pode doar sangue depois de 14 dias se não apresentar nenhum sintoma. Quem teve teste positivo, mas não apresentou nenhum sintoma da doença, pode doar depois de 30 dias da alta médica. Aqueles que tiveram de ser internados só poderão doar sangue depois de passar por uma triagem médica.

Cuidados essenciais

Além destas restrições, sempre é bom lembrar que o Hemosul dobrou os cuidados e precauções sanitárias, que já eram tomadas mesmo antes da Pandemia.  Para doar sangue é preciso ter entre 16 e 69 anos de idade para quem já é doador frequente. Para quem vai doar pela primeira vez o limite de idade é 60 anos.
Ao se apresentar em das unidades do Hemosul, o doador passa por diversos testes e exames como HIV, HTLV, Doença de Chagas, Sífilis, Hepatite B e C, além da tipagem sanguínea.

Para mais informações acesse o site do Hemosul www.hemosul.ms.gov.br . Para agendamentos de doações ligue 33121516 – 33121529. WhatsApp 992986316