Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 20 de Julho de 2024

SIDROLÂNDIA- MS

Em uma semana, Policia resgata 10 crianças agredidas por pais usuários de drogas

A criança gritava por socorro, pedindo a intervenção dos policiais para salvarem a mãe dele das mãos do padrasto que a ameaçava matá-la.

Redação/ Região News

16 de Junho de 2024 - 21:48

Em uma semana, Policia resgata 10 crianças agredidas por pais usuários de drogas
Foi encontrada numa bolsa embaixo do travesseiro, 11 porções de maconha e rolo de papel filme. Foto: Divulgação/ PM

Junto com o combate ao tráfico de drogas, a Polícia Militar tem resgatado crianças da violência que muitas vezes se estendem às mães. No intervalo de uma semana, a PM resgatou 10 crianças submetidas a rotina de testemunhar os pais vendendo ou consumindo entorpecentes dentro de casa, presenciar batidas policiais que levam seus pais presos. Na quarta-feira passada (12/6) por volta das 23h30, uma das guarnições de plantão se deslocou até a Rua Marechal Deodoro onde foi abordadas por um garoto de 12 anos.

A criança gritava por socorro, pedindo a intervenção dos policiais para salvarem a mãe dele das mãos do padrasto que a ameaçava matá-la na frente dos seus 4 irmãos menores, um bebê de 10 meses e os demais, com respectivamente, dois, três e nove anos. A casa estava às escuras porque o agressor havia arrancado a fiação e quebrado os vidros da porta e revirado tudo.

Na residência, localizada no Assentamento Jatobá, os policiais se depararam com o suspeito, G.M.F, 24 anos, agitado, aparentemente resultado do consumo de drogas. Resistiu a prisão, mas foi contido, algemado e colocado no camburão. O estopim da agressão, conforme o relato da vítima, é que o marido, ao invés de comprar fraldas, voltou pra casa com  um litro de vodka e a agrediu, além de ameaçar matá-la a golpes de faca porque atirou no chão a garrafa da bebida e se negou a lhe dar dinheiro para adquirir outra. O rapaz estaria sob efeito do crack que havia consumido na frente das crianças.

Os policiais encontraram a faca com uma lâmina de 15 centímetros usada para ameaçar a mulher que disse ser refém do marido porquê depende dele financeiramente. Com lesões nos dois pulsos, queixou-se de dores no quadril e na cabeça, no seio esquerdo e clavícula direita. Antes deste episódio, ela havia registrado outros três boletins de ocorrência por violência doméstica. No último dia 7, o primo deste agressor preso no Jatobá, conseguiu escapar do cerco policial após denúncia da própria irmã do agressor.

M.M,S, 29 anos, mantinha uma boca de fumo na casa onde morava com a irmã e os 5 filhos menores. Os policiais foram chamados porque o suspeito havia agredido duas crianças que apresentavam lesões no corpo. No quarto dele, foi encontrada numa bolsa embaixo do travesseiro, 11 porções. De maconha e rolo de papel filme, apetrecho usado para acondicionar a droga para posterior comercialização. Durante o atendimento da ocorrência, ao chegar em frente da casa, o rapaz após ser denunciado por populares, fugiu na motocicleta que pilotava. As crianças foram acolhidas pelo Conselho Tutelar e levadas para a casa de uma tia. M.M.S tem um histórico policial que inclui tentativa de homicídio, porte ilegal de arma e resistência à prisão.