Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 20 de Julho de 2024

SIDROLÂNDIA- MS

Projeto da Prefeitura auxilia assentados com produção leiteira no período de seca

O período de seca deixa a pastagem rala, a produção de leite fica comprometida e em consequência.

Assessoria de Comunicação , Prefeitura de Sidrolândia

18 de Junho de 2024 - 09:53

Projeto da Prefeitura auxilia assentados com produção leiteira no período de seca
Prefeitura realizã ação de apoio às pequenas propriedades (Fotos: Paulo Andrade)

Na semana passada a equipe da Sederma (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente) concluiu a colheita e transformou em silagem os 4 hectares de milho plantados no Sitio Estância Fonte de Água Vida, no Assentamento Santa Terezinha, em Sidrolândia.

As 120 toneladas produzidas serão suficientes para alimentar por pelo menos 6 meses as 10 vacas leiteiras, rebanho da propriedade de 15,5 hectares. O período de seca deixa a pastagem rala, a produção de leite fica comprometida e em consequência, dona Janise Soares da Silva, fica sem a matéria-prima do queijo e do doce que é uma das fontes de renda da família.

Com os tratores e a ensiladeira do sítio parados para manutenção, a assentada, que também se dedica a produção de hortaliças, é uma das produtoras que há três anos foi beneficiada com o programa de apoio e fomento a pecuária leiteira, atividade que tem como maiores protagonistas agricultores familiares, com produção anual de 7,4 milhões de litros.

"Se não fosse o apoio da Prefeitura teríamos um custo com locação de tratores, ensiladeiras, além da mão de obra", explica a produtora. A colheita e a armazenagem da silagem se estendeu por três dias, trabalho encerrado na sexta-feira (14/06).

Projeto da Prefeitura auxilia assentados com produção leiteira no período de seca
Divulgação

Nos próximos dias a Sederma está programando uma ação de apoio para outro pequeno produtor. As equipes da Secretaria estarão no sítio do Flexa, como é conhecido o assentado Edvaldo José de Araújo, dono de um sítio no Assentamento Jiboia.

A Sederma vai ajudar no plantio de um hectare para o plantio destinado à produção de silagem e reforma de três hectares de pastagem. A Prefeitura custeou o frete (R$ 1.252,00) das 12 toneladas de calcário adquirido em Jardim ao custo de R$ 1.032,00 e que será aplicado na correção do solo. Ano passado ele foi um dos 50 pequenos que tiveram apoio da Prefeitura para plantar 1,5 hectare de milho e 1 hectare de capiaçu.

Dentre os produtores assistidos pelo programa de apoio da Prefeitura, estão Israel Pacheco, proprietário de um lote no Assentamento Che Guevara, e Dona Debora Borges, do Assentamento Estrela. Israel Pacheco reconhece os ganhos obtidos com a assistência técnica oferecida pela Sederma, antes mesmo da colheita do milho e do capim plantados na propriedade, prevista para agosto.

Com um rebanho de 30 animais (sendo apenas 6 vacas em lactação), ele está conseguindo produzir 60 litros de leite por dia, o melhor resultado desde que começou a se dedicar à pecuária leiteira há mais de 14 anos. Dona Debora Borges tem uma produção diária de 105 litros de leite e espera atravessar a entressafra sem dificuldades, pois tem a silagem garantida para reforçar a alimentação do gado.