Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 20 de Outubro de 2020

Agronegócio

Área destinada ao milho de 2ª safra terá redução de 12% em MS

Números foram atualizados após a observação de que o montante plantado foi menor do que o inicialmente previsto.

Campo Grande News

16 de Julho de 2020 - 16:09

A área de milho segunda safra de Mato Grosso do Sul será de 1,895 milhão de hectares, redução estimada em 12,79% em comparação com a safra 2018/2019, de acordo com o mapeamento do Projeto Siga-MS e da Aprosoja (Associação dos Produtores). Na safra anterior foram 2,179 milhões de hectares.

Os números foram atualizados após a observação de que o montante plantado foi menor do que o inicialmente previsto.

O levantamento foi realizado na primeira quinzena de maio, quando foram percorridos 19.863 km e coletados 12.633 pontos de GPS em propriedades rurais que se dedicam ao cultivo do milho.

“A confirmação da redução de área destinada ao milho de 2ª safra consolidou tendências verificadas desde o início da safra de milho com a redução da janela ideal para semeadura da cultura, em função do atraso do plantio da soja na safra anterior e o risco climático indicado em janeiro de 2020 pela Embrapa, levando produtores a optar pelo plantio de outras culturas de inverno, especialmente milheto, sorgo, feijão, pasto, trigo e aveia”, sinaliza o presidente da Aprosoja-MS, André Dobashi.

A produtividade do Estado foi mantida em 72 sacas por hectare com o cenário de colheita espaçada. A produção também se mantém estimada em 8,195 milhões de toneladas.

Dobashi aponta que a produtividade ainda será reavaliada diante da necessidade de acompanhamento da colheita, que está em fase inicial.

“Com somente 2,1% colhidos, o equivalente a 40.359 hectares, ainda é muito cedo para indicar a produção estadual, uma vez que se tem observado lavouras com milho em vários estágios e com muita disparidade de quantidade de grãos, o que será um desafio nesta safra”, completou.