Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 19 de Outubro de 2020

Agronegócio

Mesmo com redução de 3,23% no faturamento, Sidrolândia sobe 2 posições e está em 18º lugar no ranking nacional de produção agrícola

Flávio Paes/Região News

16 de Outubro de 2020 - 14:44

Foto: Priscilla Peres

Embora o agronegócio na cidade tenha apresentado redução de 3,23% no faturamento bruto de 2018 para 2019, Sidrolândia subiu 2 posições no ranking nacional, do 20º para o 18º. Somando o valor da comercialização da soja e do milho, culturas que são o carro-chefe da atividade agrícola no município, ano passado, a agricultura sidrolandense movimentou mais de R$ 1,3 bilhão, exatos R$ 1.326.510,00, queda de R$ 44,2 milhões na comparação com 2018, quando o faturamento chegou a 1.370.800,00.

Em função das oscilações da cotação de mercado, no caso específico da soja, o faturamento caiu (de R$ 905,2 milhões para R$ 877,2 milhões) embora a produção colhida tenha crescido de 810 mil para 877,2 mil toneladas em 2019.  Sidrolândia tem a 16ª maior produção nacional e no Estado, é superada apenas por Maracaju (12º lugar). 

No caso do milho, o faturamento subiu de R$ 365,5 milhões para R$ 449,2 milhões, reflexo do incremento da produção que passou de 777,2 mil toneladas para 936 mil, garantindo a 10ª posição nacional, numa relação no qual aparece Maracaju em 8º e  Sorriso (município de Mato Grosso) está em 1º lugar.