Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 13 de Junho de 2024

Economia

Com mais de 3,7 mil demissões, Três Lagoas lidera ranking

A grande maioria das demissões aconteceu no setor da construção civil e o corte de trabalhadores feito pela UFN3 em outubro pode explicar o saldo negativo

Correio do Estado

18 de Novembro de 2014 - 07:25

Mais uma vez Três Lagoas (MS) aparece no topo da lista de cidades de Mato Grosso do Sul que mais demitiu trabalhadores no mês de outubro deste ano. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na última sexta-feira (14) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o município terminou outubro com saldo de -2.085, com 1.689 admissões e 3.774 desligamentos.

A grande maioria das demissões aconteceu no setor da construção civil e o corte de trabalhadores feito pela UFN3 em outubro pode explicar o saldo negativo. Somente a estatal foi responsável pela demissão de mais de dois mil operários. Conforme a empresa, as demissões fazem parte de um processo natural e já estavam previstas, já que parte da obra havia sido concluída no mês passado.

Em todo o Estado, 25.937 pessoas perderam seus empregos e outras 24.604 foram contratadas. Conforme o Caged, este resultado é o pior deste ano e o menor para o mês de outubro desde 2011. O setor da construção civil também foi o que mais demitiu em todo o Mato Grosso do Sul.