Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 24 de Maio de 2022

Economia

Com voo direto para São Paulo, cidade recebeu 8 mil turistas em três meses

Um dos destinos mais procurados pelas pessoas que saem do município e que utilizam o voo, é a cidade de São Paulo, seguida de Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Campo Grande News

27 de Novembro de 2015 - 09:37

Em três meses, 8.270 pessoas chegaram ou saíram de avião de Corumbá. Do número total, 53% dos passageiros eram turistas, que foram até a cidade em busca de lazer como pesca esportiva, ecoturismo ou turismo de aventura.

Dados do Observatório do Turismo mostram que o voo da companhia Aérea Azul, de São Paulo para Corumbá, tem conseguido manter a taxa média de ocupação em 80%, o que significa estabilidade no fluxo de passageiros.

Ainda de acordo com os dados, 58% são de passageiros brasileiros, vindos de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná, na maioria. E 42% são estrangeiros provenientes em maioria de países como a Holanda, Bolívia, França, Alemanha e Cuba.

Um dos destinos mais procurados pelas pessoas que saem do município e que utilizam o voo, é a cidade de São Paulo, seguida de Rio de Janeiro e Minas Gerais. Outra informação adicional é que 42% dos passageiros possuem nível de renda inferior a R$ 5 mil, o que reforça o município de Corumbá como um destino turístico acessível.

De acordo com a diretora-presidente da Fundação de Turismo de Corumbá, Hélèniemarie Dias Fernandes, esses três meses monitorados, são os mais consumidos pelos turistas de pesca esportiva, portanto, o desafio é manter um desempenho satisfatório nos últimos meses de 2015 e nos primeiros de 2016.

Voo - A Azul faz o trecho Campinas-Corumbá/Corumbá-Campinas quatro vezes por semana. Nas segundas, quartas e sextas-feiras o avião chega ao Aeroporto Internacional de Corumbá às 13 horas e decola as 13h45. Já aos domingos, o vôo chega à 12h50 retornando à 13h20. 

As tarifas podem ser encontradas a partir dos R$ 139 ou 5.000 pontos do Tudo Azul para o trecho, com disponibilidade mínima de 30 assentos no valor promocional por trecho publicado, considerando a totalidade de vôos no período da promoção. As tarifas e pontuações estão sujeitas às regras tarifárias e disponibilidade de assentos.