Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 26 de Maio de 2022

Economia

Produção de grãos bate novo recorde em MS impulsionada pela soja e milho

No ano passado foram produzidas 8,3 milhões de toneladas da commodity, um aumento de 9% em relação a safra anterior

Midiamax

09 de Novembro de 2015 - 15:47

A safra de grãos totalizou 14,97 milhões de toneladas e bateu novo recorde em Mato Grosso do Sul, conforme dados da Produção Agrícola Municipal divulgados nesta quinta-feira (05) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A produção agrícola do Estado rendeu R$ 8,5 bilhões no ano de 2014.

A produção agrícola no Estado subiu 9,7% de 2013 para 2014. Milho teve a maior participação, 55%. No ano passado foram produzidas 8,3 milhões de toneladas da commodity, um aumento de 9% em relação a safra anterior.

O clima favoreceu a segunda safra, fazendo com que o rendimento médio total passasse de 4.925 kg/ha para 5.172 kg/ha. O principal produtor municipal do milho em grão foi Maracaju, que ocupa a quarta posição nacional com 1,08 milhão de toneladas produzidas.

Quanto a soja, a participação foi de 42%. Foram produzidas 6,3 milhões de toneladas do grão no Estado na safra 2014, 9,7% a mais que em 2013. A área colhida foi de 2.157.824 hectares. O rendimento médio passou de 2.909 kg/ha para 2.938 kg/ha. O principal município produtor também foi Maracaju, que ocupou a 14ª posição ao produzir 696.600 toneladas.

Mato Grosso do Sul representou 4,6% da produção agrícola nacional em 2014, 0,02 pontos percentuais acima do ano anterior, 4,2%.

Brasil

A safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosa alcançou 194,6 milhões de toneladas, novo recorde, superando em 3,5% à obtida em 2013, de 188,1 milhões de toneladas. Os grãos ocuparam uma área de 57,4 milhões de hectares e a produção foi originada de uma área de 56,7 milhões de hectares. O valor da produção de R$ 136,7 bilhões subiu 11,6% em um ano. A soja representou 44,6% da produção. Na sequência vem o milho em grão e o arroz.

O volume da produção de grãos apresentou a seguinte participação nas regiões: Centro-Oeste, 83,0 milhões de toneladas (42,7%); Sul, 71,0 milhões de toneladas (36,5%); Sudeste, 18,0 milhões de toneladas (9,2%); Nordeste, 16,2 milhões de toneladas (8,3%) e Norte com 6,3 milhões de toneladas (3,3%).