Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 29 de Novembro de 2021

Esporte

Atleta pede apoio aos deputados para disputar mundial de kung fu na Malásia

Ela foi convocada pela seleção brasileira, no entanto não tem patrocínio ou recurso para participar da competição.

Campo Grande News

01 de Outubro de 2013 - 14:55

A lutadora Edinéia Camargo, 24 anos, penta campeã brasileira de kung fu, foi hoje a Assembleia pedir o apoio dos deputados para poder participar do mundial da modalidade na Malásia, entre os dias 28 de outubro e 6 de novembro. Ela foi convocada pela seleção brasileira, no entanto não tem patrocínio ou recurso para participar da competição.

Edinéia explicou que antes ela tinha o “bolsa atleta”, que custeava a participação nos torneios, porém perdeu o benefício já que sua categoria adulta de 48 kg, não está mais incluída. “Estou promovendo rifas e almoços para arrecadar dinheiro, a Fundação de Esporte do Estado nos ajuda com os treinos em Campinas, mas não vai arcar esta viagem”.

De acordo com a atleta, ela precisa de R$ 10 mil para poder arcar com as passagens, inscrição e hospedagem. “Eu preciso ir ainda no dia 16 de outubro para treinar antes do campeonato, já estou há dois me preparando para este torneio e estou tentando viabilizar”, apontou.

Ajuda – Os deputados prometeram se reunir e articular uma possível ajuda a atleta que treina desde os 16 anos de idade. “Vou representar o Estado e o país nesta competição, espero que consiga a ajuda necessária”. A atleta também já entrou em contato com a Funesp (Fundação Municipal de Esporte) , mas ainda espera uma resposta. Ela destacou que como o kung fu não é uma modalidade olímpica, a busca por patrocínio ainda é mais difícil.