Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 8 de Dezembro de 2021

Esporte

Sombras’ seguem antigos titulares da Seleção após corte por lesão

Daniel Alves, Marcelo, Hulk e Fred viram seus substitutos entrarem bem na seleção brasileira às vésperas da Copa do Mundo de 2014

Globo Esporte.com

11 de Setembro de 2013 - 14:19

A equipe campeã da Copa das Confederações naturalmente seria titular depois da conquista no último mês de junho. Mas os cortes por contusão nos últimos amistosos, contra Austrália e Portugal, abriram a disputa em algumas posições. E depois de duas vitórias, alguns terão de conviver com sombras que não existiam.

São os casos de Daniel Alves, Marcelo, Hulk e Fred. Titular absoluto na Copa das Confederações, o quarteto vai precisar se mexer para não perder espaço. Antes disso, porém, eles precisam se recuperar. Todos estão com lesões musculares e por isso ficaram fora dos amistosos (ou de um deles, caso de Marcelo).

Antes absoluto na lateral direita, Daniel Alves vive pressão depois que Maicon reapareceu entre os convocados e teve avaliação positiva de Luiz Felipe Scolari, muito embora tenha falhado no gol dos portugueses na última terça-feira. Na Copa do Mundo de 2010, ele foi titular e essa experiência agrada o treinador.

Do lado esquerdo, a situação de Marcelo é menos complicada. Cortado depois de se machucar na goleada por 6 a 0 sobre a Austrália, o jogador do Real Madrid viu Maxwell, seu substituto, participar bem do triunfo sobre Portugal. O lateral do Paris Saint-Germain deu até assistência para o gol de Jô, o terceiro na vitória.

Hulk é outro que pode ter perdido espaço no time titular. Substituído por Bernard, que, como diz Felipão, “tem alegria nas pernas”, o atacante do Zenit vai ter de retomar seu espaço na base da raça. Bernard foi muito bem na função e atacou com mais efetividade do que o titular na Copa das Confederações.

E por último, Fred vive situação delicada. Com uma grave lesão, o atacante deve ficar fora dos próximos amistosos da seleção brasileira. Em alta com Felipão, Jô foi titular contra Austrália e Portugal e balançou as redes três vezes nas duas partidas. Somando os gols marcados na Copa das Confederações, o atacante do Atlético Mineiro já está com cinco.

Até a divulgação da lista final para a Copa do Mundo, no dia 7 de maio, a Seleção terá mais cinco amistosos (dois em outubro, outros dois em novembro e um em março). Felipão já confirmou Julio César entre os 23 convocados e disse que tem, pelo menos, outros 18 jogadores bem encaminhados.