Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 6 de Março de 2021

Geral

MS fecha 2017 em segundo no ranking nacional de abate de gado

Foram 436 milhões de bovinos durante o ano, com crescimento de 4,4% em relação a 2016, de acordo com os dados são levantadas pelo IBGE.

Portal MS

24 de Março de 2018 - 10:26

MS fecha 2017 em segundo no ranking nacional de abate de gado

Mato Grosso do Sul terminou 2017 em segundo no ranking dos estados que mais abateram cabeças de gado. Foram 436 milhões de bovinos durante o ano, com crescimento de 4,4% em relação a 2016, de acordo com os dados são levantadas pelo IBGE.

Os dados compilados pela equipe econômica da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), mostram que o vizinho Mato Grosso lidera o ranking com 4,8 milhões de cabeças abatidas no ano passado, montante 39% maior que Mato Grosso do Sul.

Ainda de acordo com dados do IBGE, o abate de frangos em 2017 somou 127.444 mil cabeças, com queda de 24% em relação a 2016, acompanhando a média nacional de retração. O abate de suínos também caiu na comparação de 2017 com 2016, a redução chega a 18% no período.

Mesmo com as oscilações no mercado interno e externo, a carne bovina desponta como um dos principais produtos exportados por Mato Grosso do Sul, tendo registrado crescimento de 18,97% em 2017, subindo de 145.402 toneladas para 163.757 toneladas enviadas ao mercado externo.

O secretário da Semagro, Jaime Verruck, destaca que em um ano como 2017, em que o setor de carnes passou por dificuldades tanto no mercado interno quanto externo, os números são extremamente positivos e mostram a força do agronegócio no Estado, além disso, ações de Governo incentivam a produção com qualidade.

“A reformulação do Precoce MS no ano passado pode ser citada como uma das ações que incentiva as boas práticas e o melhoramento das estruturas. Isso influenciou positivamente o pecuarista e consequentemente as exportações”, completou.