Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 19 de Outubro de 2021

Policial

Adolescente é flagrado cinco vezes na direção de veículo

O avô do adolescente, o vigia Valdo dos Santos, 65 anos, declara. “Ele deve ter problema na cabeça

Campo Grande News

16 de Fevereiro de 2011 - 13:47

Um adolescente de 17 anos morador no bairro Aero Rancho, em Campo Grande, foi flagrado na manhã desta quarta-feira pela quinta vez na direção de veículos. As duas últimas aconteceram no intervalo de 12 horas, de acordo com a Ciptran (Companhia Independente de Polícia de Trânsito).

Segundo a Ciptran, por volta das 10 horas de hoje, dois policiais faziam rondas na avenida Fernando Correa da Costa e viram quando um rapaz em uma moto aumentou a velocidade do veículo e entrou no estacionamento do supermercado Comper, com a intenção de fugir.

Ele foi abordado e então verificado que o piloto era um “velho conhecido”. O garoto pilotava uma Yamaha RT 135 que pertence a um amigo dele. O veículo está com a documentação vencida e as multas devem somar R$ 1.310. Ontem ele havia sido flagrado por volta das 22 horas, de acordo com a Ciptran.

O adolescente foi encaminhado novamente para a delegacia, onde o pai e o avô dele contaram que o menino é apaixonado por motos e ficam sem saber o que fazer para impedir que ele saia dirigindo.

“O problema é que a não tem como fazer nada. Ele queria uma moto, como a gente não dá, ele pega de qualquer jeito”, disse o construtor Nivaldo dos Santos, pai do adolescente.

Ele conta que nesta manhã o filho trabalhava com ele em uma obra no bairro Aero Rancho e em um determinado momento pegou a moto de um conhecido e disse que iria no centro, sendo então apreendido.

“Meu filho é um guri bom, fez até curso profissionalizante. O problema é que ele gosta de sair de moto”, falou Nivaldo, que pela primeira vez foi à delegacia “socorrer” o filho. As outras, foram sempre a mãe.

O avô do adolescente, o vigia Valdo dos Santos, 65 anos, declara. “Ele deve ter problema na cabeça. É tanto conselho que a gente dá pra ele. Mas ele gosta de andar de moto”.

O idoso revela ainda que a mãe do infrator comprou para o filho um Corsa com a intenção de já ter quitado o carro quando ele já tiver completado 18 anos. Segundo Valdo, o neto usa o automóvel de vez em quando, e, em uma dessas vezes, a mãe tomou a chave dele.

O adolescente mora com a mãe. O pai é residente no Carandá Bosque.

Punição- Conforme a Ciptran, o garoto sempre era liberado após assinar documento se comprometendo a não fazer mais a infração e a comparecer às audiências sobre o caso e estava pagando cesta básica como punição. Agora, deve ir para Unidade de Internação Educacional.