Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 20 de Junho de 2024

Policial

Em três dias, operação na fronteira fecha bocas-de-fumo e cumpre mandados

Campo Grande News

20 de Agosto de 2012 - 14:00

Desde a última sexta-feira (17), a operação “Presença 3”, realizada pelo GGI-Fron (Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira), apreendeu dinheiro, drogas, armas e cumpriu mandados de busca e apreensão em Corumbá e Ladário, segundo balanço divulgado hoje pela Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública).

Em três dias de operação, foram apreendidos aproximadamente R$ 700,00 em dinheiro, cigarros, celulares, mais de 400 papelotes de pasta base de cocaína, cerca de 28 gramas de pasta base em pedra, trouxinhas de maconha, arma de brinquedo, um revólver calibre 38, munição.

A Justiça de Corumbá expediu ainda 20 mandados de busca e apreensão, sendo que 10 deles foram cumpridos e tiveram como resultado dez pontos de vendas de entorpecentes estourados pelos policiais.

Cinco mandados foram cumpridos em Ladário, em quatro destes locais, cinco pessoas foram presas, sendo três por tráfico de drogas e duas por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e o restante em Corumbá. A polícia também cumpriu quatro mandados de prisão.

Segundo nota da Sejusp, a maioria dos mandados de busca e apreensão foi cumprida em Corumbá nos bairros da Cervejaria e Borrowiski, onde as equipes localizaram além de drogas, produtos como geladeiras, lavadoras de roupas, celulares e televisores, sem notas fiscais e sem informação da procedência dos aparelhos.

Na área urbana das duas cidades está sendo realizado, ainda hoje, um “arrastão” com blitz e abordagens a pessoas e veículos e também o combate à perturbação da tranquilidade provocada por som alto.

O bairro Cervejaria, um dos principais alvos da operação, terá monitoramento da Polícia Militar com policiamento fixo por tempo indeterminado com o principal objetivo de reduzir o comércio de drogas ilícitas e diminuir o furto e roubo na região.

A Operação Presença 3 conta com a participação de cerca de 200 homens da Marinha, Exército, Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, DOF, Polícia Militar Ambiental, Polícia Rodoviária Estadual, Polícia Federal, Grupamento de Trânsito (Getran), Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais (Cigcoe) e Polícia Rodoviária Federal. Durante a operação foram utilizados um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e três cães farejadores, sendo dois da Cigcoe e um da Polícia Federal.