Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 26 de Outubro de 2021

Policial

Filho de policial é assassinado com 3 tiros na cabeça em Dourados

Victor foi executado com três tiros na cabeça, na altura da nuca, a curta distância, e morreu na hora

Sidney Bronka

19 de Janeiro de 2011 - 11:03

Filho de policial é assassinado com 3 tiros na cabeça em Dourados
Filho de policial - Foto: Sidnei Bronka

Victor Hugo da Rosa Castilho, de 24 anos, solteiro, foi morto com três tiros na cabeça, na Vila Industrial. Ele é filho do policial civil Hugo Castilho. O pai é lotado na Delegacia Regional da Polícia Civil de Dourados. A mãe dele, Edia da Rosa, é funcionária da Secretaria Municipal de Saúde.

O crime aconteceu por volta das 9h na Rua Dom João VI esquina com a Rua Coronel Noronha, abaixo da antiga sede do Clube Ubiratan. De acordo com a polícia, ele seguia a pé pela Rua Dom João VI no sentido Marcelino Pires/Fernando Ferrari, rumo à residência da família localizada no bairro João Paulo II.

Victor foi executado com três tiros na cabeça, na altura da nuca, a curta distância, e morreu na hora. Os tiros deixaram à vista parte da massa encefálica da vítima. O Samu esteve no local, mas ele já estava morto.

Segundo informações da polícia, o autor seriam um jovem que trafegavam de bicicleta ao lado da vitima. Victor, que faria 25 anos em fevereiro, já tinha sido vítima de tentativa de homicídio, dias atrás, num bar na Vila Industrial. A polícia vinha investigando o caso.