Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 22 de Janeiro de 2021

Policial

Homem preso por estuprar menina de 11 anos não passa 48h na cadeia

No caso da mais velha, o suspeito foi liberado porque a legislação não considera estupro a partir de 14 anos, com o consentimento da mesma.

Midiamax

10 de Dezembro de 2012 - 10:07

Elenilson Cristaldo de Melo, 22 anos, preso em flagrante no último sábado (8), logo após ter tido relação sexual com uma menina de 11 anos durante a madrugada, não passou nem 48h na cadeia.

Na ocasião, ele e o amigo levaram duas meninas para um motel na avenida Duque de Caxias, em Campo Grande, uma de 14 e outra de 11 anos. No local uma funcionária reconheceu uma das meninas e entrou em contato com o pai, que desesperado há horas procurava pela garota.

Em depoimento, a menina de 11 anos disse ao delegado Rodrigo Vasconcelos que teria perdido a virgindade. Já a menina de 14 anos confirmou a relação sexual, sendo que ambas disseram ser com o seu consentimento. No caso da mais velha, o suspeito foi liberado porque a legislação não considera estupro a partir de 14 anos, com o consentimento da mesma.

Já Elenilson Cristaldo foi indiciado por estupro de vulnerável e corrupção de menores. A polícia ainda investiga a possível participação do motel no caso, já que eles não exigiram a identificação das meninas e nestes lugares é proibida a presença de menores de 18 anos.

Indignado com a soltura de Elenilson, decretada por um juiz, os policiais que realizaram o flagrante entraram em contato com o Midiamax, sem entender por qual motivo o jovem foi solto. Eles disseram ainda que o pai da menina está revoltado, sendo que a única exigência é que o autor deve permanecer ao mínimo a 300 metros de distância da menina.