Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 24 de Outubro de 2021

Policial

MS é líder de apreensão de drogas

Campo Grande News

21 de Dezembro de 2010 - 08:09

Mato Grosso do Sul é rota para entrada de drogas em território brasileiro, mas também é campeão nacional de apreensões, segundo o comandante geral da Polícia Militar, Coronel Carlos Alberto David dos Santos.

No último trimestre, foram atendidas 275 ocorrências de drogas em Mato Grosso do Sul, resultando em apreensões de 458 toneladas de maconha e 17 toneladas de cocaína, de acordo com o relatório de atividades policiais divulgado pela Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública.

O Estado faz fronteira com Paraguai e Bolívia, países produtores de drogas. “Cuidar da fronteira é atribuição do governo federal, mas nós estamos fazendo a nossa parte com o DOF em Dourados e com as unidades da Polícia Militar e Civil nas fronteiras”, afirma o Coronel Davi. “Não é a toa que Mato Grosso do Sul é campeão nacional de apreensões de drogas”.

Para o comandante da PM, um avanço importante no combate ao narcotráfico será a implantação do Pefron (Policiamento Especializado de Fronteiras), pelo governo federal. “O Estado já assinou convenio e terá investimento grande no DOF [Departamento de Operações de Fronteira] e a Polícia Militar receberá viaturas para serem posicionadas na região de fronteira”, disse.

Pelas fronteiras também entram armas no País. No terceiro trimestre deste ano, foram apreendidas quatro espingardas ou carabinas, 12 pistolas e 98 revólveres, de acordo com o relatório da Secretaria de Segurança Pública.

Estudo feito pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostra que a região Centro Oeste foi a segunda com menor percentual de pessoas que disseram estar seguras em casa.

Mas Mato Grosso do Sul é o melhor da região e o 4º melhor do País em sensação de segurança, segundo o comandante. "Mais de 62% da população disse se sentir segura", afirmou.