Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 27 de Outubro de 2021

Policial

Namorado de jovem morta em acidente diz que moça se jogou de caminhonete

Thaylisse morreu no local do acidente e o inquérito policial instaurado para apurar o caso deve ser concluído em 30 dias, segundo a Polícia Civil

Campo Grande News

04 de Fevereiro de 2011 - 13:00

Em depoimento à Polícia Civil, Adriano Schiroff, 28 anos, afirmou que a namorada Thaylise Lolle Gretti Lazarine, 22 anos, se jogou da caminhonete que ele dirigia na noite de domingo (30/01), em Deodápolis, cidade distante 252 quilômetros de Campo Grande.

Thaylisse morreu no local do acidente e o inquérito policial instaurado para apurar o caso deve ser concluído em 30 dias, segundo a Polícia Civil.

O depoimento de Adriano estava previsto para terça-feira e foi feito um dia depois. Os detalhes das informações prestadas pelo condutor da caminhonete F-250, a única testemunha ocular, são mantidos em sigilo.

No local foi feita perícia e os laudos poderão ajudar a apontar as circunstâncias do acidente. Preliminarmente, a Polícia Civil afirma que não foram detectadas marcas de agressão no corpo da jovem.

Thaylisse morreu em acidente ocorrido em uma estrada vicinal de Deodápolis.

A via é estreita e não tem pavimentação. Desta maneira, o local ficou bastante prejudicado para os levantamentos periciais.

Cerca de 60 veículos pararam na estrada para ver o acidente porque a jovem era muito querida na cidade.

Ela trabalhava com a mãe para uma representante de temperos.

O pai da jovem é produtor rural e foi ao local do acidente.

Desesperado, ele tentou socorrer a filha, porém, a moça morreu antes mesmo de ser socorrida.