Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 26 de Outubro de 2021

Policial

PRF apreende 2 milhões de cigarros contrabandeado do Paraguai em apenas 7 dias

Os contrabandistas estão aliciando pessoas isentas de qualquer suspeita, ou seja, trabalhadores sem quaisquer antecedentes criminais

Conjuntura Online

21 de Fevereiro de 2011 - 07:29

Em sete dias de operação a Polícia Rodoviária Federal apreendeu 2 milhões de pacotes de cigarros. Os números, em comparação ao mesmo período de 2010, apresentam um aumento em quase 200% nas apreensões reali-zadas pela PRF. 

Os contrabandistas estão aliciando pessoas isentas de qualquer suspeita, ou seja, trabalhadores sem quaisquer antecedentes criminais. Os carreteiros são os que mais figuram nas ocorrências. Somente em Dourados foram 70 mil. O flagrante aconteceu na manhã de ontem, por volta das 7h30 na BR 163.

Duas carretas foram apreendidas e dois homens foram presos. As carretas foram levadas para a Polícia Federal, onde foi feito o levantamento da mercadoria. Cada uma transporta-va a quantia de 35 mil pacotes.

De acordo com a PRF, as apreessões foram feitas em fiscalização de rotina. O primeiro veículo a ser localizado foi o Mercedes Bens/LS 1935, com placas BWZ 9870 de São Paulo-SP. O motorista, de 42 anos, apresentou uma nota fiscal dizendo que transportava óleo de soja até Campo Grande. Em revista na carga foi constatado que na verdade ele estava transportando caixas de cigarros.

Logo depois uma equipe de rondas do posto de Dourados, abordou outra carreta nas proximidades da Capela, na BR 163, com placas ACB 9001, de Formiga-MG, sendo que o motorista de 28 anos, apresentou nota fiscal dizendo que transportava arroz para Campo Grande, mas foi constatado que ele transporta cigarros contrabandeados.Os motoristas disseram que a carga de cigarros tinha como destino o estado da Bahia.

Em Campo Grande, foi apreendido um caminhão Mercedes Benz basculante, com placas do MS, abarrotado de caixas com cigarros; Em Jaraguari/MS, na madrugada de ontem, a PRF flagrou uma GM/S10, com placas do MT, abarrotada de cigarros, cerca de 1.500 pacotes. As ocorrências são encaminhadas a Polícia Federa e a Receita Federal.

A PRF tem fiscalizado também ônibus, automóveis e caminhonetes para inibir o crime. No entanto, segundo a PRF que tem aumentado a incidência de pessoas que buscam nessa atividade uma forma de sobrevivência.