Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 19 de Junho de 2024

Policial

Professor de escola indígena de Dourados é investigado por pedofilia

O professor, que não teve o nome divulgado para não atrapalhar as investigações, é formado pelo UFGD

Dourados News

21 de Agosto de 2012 - 08:38

O professor J.S., da Escola Municipal Francisco Meireles, que fica na Missão Evangélica Caiuá em Dourados, é investigado pela polícia, através da delegacia da Mulher, acusado de abusar sexualmente de uma adolescente de 14 anos.

De acordo com o boletim de ocorrência, ele abusava da garota há quase um ano, quando ela teve suspeita de gravidez e denunciou o professor.

Segundo informações da delegada Rozeli Dolor Galego, a garota passou por exames médicos que constatou que ela não estava grávida. “É um caso delicado, pois a menor precisa confiar em nós para contar detalhes sobre as agressões sexuais, principalmente porque os abusos já aconteciam há certo tempo”, disse.

O professor, que não teve o nome divulgado para não atrapalhar as investigações, é formado pelo UFGD e também pelo Instituto Bíblico da Igreja Presbiteriana do Brasil, ele trabalha na aldeia de Dourados, na Congregação Posto Velho e também como professor na escola.

Segundo informações apuradas por nossa reportagem, há suspeita que o professor esteja envolvido em outros casos de abusos dentro da escola onde ele ministra suas aulas.

O caso esta sendo investigado e se for comprovado que o professor realmente abusou sexualmente suas alunas, ele pode ser condenado por pedofilia e estupro de vulnerável, com pena-reclusão de 8 a 15 anos.