Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 27 de Novembro de 2020

Policial

Roubo a pizzaria teve troca de tiros e terminou com um morto e 2 feridos

Houve troca de tiros entre Diego, dois comparsas, um deles adolescente, e o casal de policiais que estava de folga

Campo Grande News

20 de Agosto de 2014 - 16:16

Um assaltante morreu e duas pessoas, entre elas um policial militar de folga e um funcionário de uma pizzaria, foram feridas a tiros no fim da noite de ontem (19) durante um assalto ao estabelecimento situado no bairro Caiçara.

Conforme o Batalhão de Choque da Polícia Militar, por volta das 20h30, quatro assaltantes em um Fiat Uno estacionaram em frente da pizzaria, situada na Rua do Ouvidor e três deles invadiram o local anunciando o assalto.

Jantavam no local um policial militar do Batalhão de Choque de 40 anos, a mulher dele, uma policial civil, de 39 anos, e o filho do casal. Com arma em punho, um dos assaltantes, Diego Manoel da Silva, 19 anos, ameaçou a família e a mulher acabou reagindo ao assalto.

Houve troca de tiros entre Diego, dois comparsas, um deles adolescente, e o casal de policiais que estava de folga. No tiroteio, Diego, o policial militar e um funcionário do local foram baleados. Equipes do BPChoque socorreram as vítimas até o Hospital Regional, mas Diego não resistiu aos ferimentos e morreu, ele foi ferido por dois disparos.

Outra equipe do Batalhão de Choque deu início às buscas e um casal que estava em uma moto indicou aos policiais o paradeiro de integrantes do grupo que assaltou a pizzaria. Os dois foram detidos.

Já no Jardim Noroeste, em uma casa, os policias encontraram cinco jovens e dois adolescentes. Todos foram presos por suspeita de integrar a quadrilha que praticou o crime na pizzaria e ainda roubou um Hyundai Tucson, na semana passada.

Foram presos, Thais de Carvalho, 24 anos, Dayane Souza Santos, 22 anos, Helton Oliveira, 21 anos, Thiago Dias, 21 anos e Davi de Augusto Ratier Ortiz, 24 anos, ele é suspeito de dirigir o Fiat Uno usado no assalto. Os adolescentes apreendidos são um casal de 15 anos.

Ainda conforme os militares, está foragido um dos assaltantes que invadiu a pizzaria, Felipe Paiva da Silva. O relato da quadrilha dá indícios de que o estabelecimento já vinha sendo monitorado. No entanto, o tenente Roberto Roque do BPChoque afirma ser incomum um grupo tão grande envolvido em assalto a um estabelecimento pequeno.

O caso foi registrado na Depac (Deelegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga e será investigado pela Polícia Civil. Segundo a polícia, o carro usado no roubo ainda não foi encontrado.