Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 18 de Abril de 2021

Política

Antonio João reage à acusação e diz que Delcídio ‘é bobalhão

Para Antonio João, o senador perdeu o norte com esta declaração. “Não sei onde e nem que banco a dona Maika tem conta”, afirmou

Veja/Correio do Estado

04 de Novembro de 2014 - 07:25

O presidente regional do PSD, ex-senador Antonio João Hugo Rodrigues, estranhou a acusação do senador Delcídio do Amaral (PT), candidato derrotado a governador de Mato Grosso do Sul, de ter quebrado o sigilo bancário da sua mulher, Maika Amaral. Delcídio declarou à revista que irá processar Antonio João pelo acesso à conta da mulher. “Delcídio é um bobalhão”, rebateu.

“No dia 26 de outubro, segundo turno, o senador Delcídio do Amaral não perdeu só a eleição. Ele perdeu juízo”, reagiu Antonio João à acusação do senador petista. “Como ele dá declaração que vai me processar por quebra de sigilo bancário da dona Maika? Isto é estupidez!”, afirmou.

Para Antonio João, o senador perdeu o norte com esta declaração. “Não sei onde e nem que banco a dona Maika tem conta”, afirmou. O dirigente do PSD, que concorreu ao Senado na chapa do governador eleito Reinaldo Azambuja (PSDB), ressaltou a falta de consistência do petista de acusá-lo deste crime.

“Aonde que um banco vai quebrar o sigilo de uma correntista sem autorização judicial? Isto é crime de colarinho branco e eu não cometi este crime!”, afirmou Antonio João, indignado com a falta de fundamentação da acusação do petista.

Antonio João disse ontem, depois de ler a revista Veja, que irá tomar as medidas judiciais para o senador Delcídio do Amaral provar a acusação da quebra do sigilo bancário da mulher. “Quem vai processar Delcídio, sou eu”, anunciou.