Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 26 de Outubro de 2020

Política

Após 7 anos, investigação sobre negócios de filho de Lula é arquivada

O Ministério Público Federal abriu inquérito para investigar suspeitas de tráfico de influência e para apurar se a transação deu prejuízo para os sócios da operadora de telefonia.

Jornal do Brasil

09 de Novembro de 2012 - 10:11

Sete anos depois, o Ministério Público e a Polícia Federal arquivaram as investigações sobre suspeitas de tráfico de influência nos negócios do filho mais velho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Fabio Luis, segundo o jornal Folha de S.Paulo.

Em 2005, a Gamecorp, empresa criada um ano antes por Fabio Luis, recebeu um aporte de capital de R$ 5 milhões da antiga Telemar, a empresa de telefonia que depois se fundiu com a Brasil Telecom para criar a Oi. Após o aporte, o governo Lula alterou as regras do setor de telecomunicações para viabilizar a fusão da Telemar com a Brasil Telecom.

O Ministério Público Federal abriu inquérito para investigar suspeitas de tráfico de influência e para apurar se a transação deu prejuízo para os sócios da operadora de telefonia. A decisão pelo arquivamento foi tomada pelo Ministério Público em agosto e ainda não foi publicada.