Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 4 de Março de 2024

Política

Com aval da Executiva Regional, acordo dá ao PT presidência da Câmara e sacramenta apoio a Acelino

Uma comissão de quatro dirigentes petistas chegarão a Sidrolândia antes do início da sessão de posse, para notificar pessoalmente os dois vereadores petistas.

Flávio Paes/Região News

31 de Dezembro de 2012 - 18:56

Reunida nesta segunda-feira em Campo Grande, a Executiva Estadual do PT aprovou por unanimidade, determinação para os vereadores eleitos do partido em Sidrolândia, Edivaldo dos Santos e Sergio Bolzan, aceitarem o acordo protocolado pelo bloco de vereadores que se elegeram na coligação encabeçada pelo PMDB.

Pela proposta, a presidência da Câmara ficará com um dos petistas; a vice-presidência será ocupada por David Moura de Olindo e na 1ª - secretaria continuaria o vereador Waldemar Acosta, ficando em aberto a 2ª secretaria. Como o presidente do Legislativo será o prefeito interino até a posse do futuro prefeito a ser eleito em março, Vadinho ou Bolzan assumirão o comando da administração municipal, enquanto o vice, Davi, ficará à frente do Legislativo.

O arranjo político não se limita a eleição da Mesa Diretora, se estendendo a eleição suplementar para prefeito. O PT vai apoiar a candidatura de Acelino Cristaldo, indicando o vice da chapa. Segundo o vice-presidente da Executiva Regional, Francisco Givanildo dos Santos, o presidente regional, Marcus Garcia, já encaminhou ofícios aos dois vereadores (e a direção municipal do partido em Sidrolândia) informando qual e a orientação partidária.

Uma comissão de quatro dirigentes petistas chegarão a Sidrolândia antes do início da sessão de posse, para notificar pessoalmente os dois vereadores que desde sexta-feira, por orientação do ex-prefeito Enelvo Felini, estão fora da cidade, incomunicáveis. Além de Francisco, integram a comissão Alex Silva (secretário de Movimentos Populares) e Carla Lopes (secretária de Formação Política); Ronaldo Sandim (secretário de Mobilização).