Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 22 de Setembro de 2021

Política

Com Lula e Bolsonaro empatados, Mandetta e Simone são “lembrados” por 1%

Campo Grande News

29 de Julho de 2021 - 14:16

Com Lula e Bolsonaro empatados, Mandetta e Simone são “lembrados” por 1%
Mandetta e Simone são citados em pesquisa nacional estimulada (Fotos: Agência Brasil/Agência Senado)

Em pesquisa onde Lula (PT) e Bolsonaro (sem partido) aparecem com 33,7% e 32,7% das intenções de votos, o ex-ministro da saúde e médico sul-mato-gronssense, Luiz Henrique Mandetta (DEM), e senadora Simone Tebet (MDB) foram lembrados por 1% dos eleitores ou até menos que isso.

Se as eleições para Presidente do Brasil fossem hoje e os(as) candidatos(as) fossem esses(as), em quem o(a) Sr(a) votaria?”.

À pergunta feita pelo Instituto Paraná Pesquisa para 2.010 eleitores, 1,8% respondeu que votaria em Mandetta e 0,7% em Simone, conforme o resultado projetado em cenário que coloca Datena (PSL), Ciro Gomes (PDT) e João Dória (PSDB), no terceiro, quarto e quinto lugares. Mandetta e Simone, nesta conjuntura, só venceriam o presidente do senado, Rodrigo Pacheco (PSD).

Com Lula e Bolsonaro empatados, Mandetta e Simone são “lembrados” por 1%
Fonte: Instituto Paraná Pesquisas/ Arte: Thiago Mendes

Num outro cenário, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o atual mandatário Jair Bolsonaro ainda aparecem empatados tecnicamente, com 33,8% e 32,8% das intenções de votos. Seguem no terceiro, quarto e quinto lugares, Datena, Ciro Gomes e João Dória, mas em último, só Mandetta aparece, com 2,1% dos votos da amostragem.

Com Lula e Bolsonaro empatados, Mandetta e Simone são “lembrados” por 1%
Fonte: Instituto Paraná Pesquisas/ Arte: Thiago Mendes

Numa terceira conjuntura, Mandetta também aparece na última posição, com 2,6% das intenções de votos. Nesta simulação, Dória não seria candidato à Presidência. Lula tem 33,8% dos votos, Bolsonaro tem 32,8% e Ciro Gomes assume o terceiro lugar, com 7,3% dos eleitores. Datena conquistaria 7,2% nas urnas e Eduardo Leite, 2,7%.

Potencial eleitoral – O Instituto Paraná Pesquisas também mediu o “potencial eleitoral” de alguns nomes. Segundo o levantamento, 12,6% diz que poderia votar em Simone para presidente e outros 37,5% afirmam que não votariam de jeito nenhum. Para 48%, a senadora é desconhecida.

A parlamentar tem a menor rejeição, sendo as maiores de Bolsonaro, com 53,3%, e Lula, 46,7%.

Dados - A pesquisa estimulada (quando os nomes dos candidatos são citados no questionário) foi feita de porta em porta, com eleitores de 16 anos ou mais, em 155 municípios de 26 estados e no Distrito Federal, entre os dias 24 a 28 de julho de 2021. De acordo com o instituto, o grau de confiança é de 95% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2% para mais ou para menos.

O empresa foi contratada pelo PSL "com o objetivo de consultar à população sobre a situação eleitoral para o Executivo Federal em 2022 e avaliação da administração Federal".

Clique aqui para acessar a pesquisa completa..pdf