Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 17 de Abril de 2024

Política

Davi defende terceira via e não acredita que PMDB apoie o PT

Flávio Paes/Região News

19 de Julho de 2011 - 15:12

Davi defende terceira via e não acredita que PMDB  apoie o PT
Davi defende terceira via e n - Foto: Emmileny Monteiro/Regi

Com a experiência de quem foi vereador, presidente da Câmara,  homem –forte da administração João Lemes,  o advogado Davi Olindo, recém filiado ao PT,  presente à reunião política que contou com a presença do deputado Vander Loubet, alertou aos seus novos companheiros de partido: não se iludam, o PMDB jamais apoiará uma  chapa encabeçada pelo PT na disputa pela Prefeitura. 

Para o advogado um fator une o prefeito Daltro Fiúza e seu adversário político histórico, o ex-prefeito Enelvo Felini: ambos não têm o menor interesse no surgimento de uma nova liderança política em Sidrolândia capaz de enterrar definitivamente a carreira política dos dois. “Caso esta proposta vá adiante, com o PT indicando  o candidato a prefeito, metade do PMDB simplesmente bandeia para o lado do Enelvo, com o aval do governador André Puccinelli”, imagina.

Para David, o PT tem todas as condições de viabilizar uma terceira via (aliado ao PDT e ao PP, que poderia lançar como vice, a empresária, Maria). “O PT só perde para o PT”, avalia o ex-vereador que em 2008 disputou a prefeitura, obtendo 1.752 votos, 8,70% dos votos válidos. 

O ex-vereador não acredita que o prefeito lance um candidato que tenha alguma densidade política (como o ex-vereador Ademir Osiro, o vice-prefeito Ilson Fernandes) preferindo uma solução caseira, como a secretária de Educação, Rosangela Cassola, filiada ao PR. "O PT não pode servir de bengala para derrotado. Bengala se compra em loja de produto ortopédico".