Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 17 de Outubro de 2021

Política

Ex-deputado João Grandão é cotado para assumir Incra em MS

Campo Grande News

15 de Fevereiro de 2011 - 10:11

O ex-deputado e atual suplente de deputado federal, João Grandão (PT) pode ser indicado pelo grupo do senador Delcídio do Amaral (PT) para assumir a superintendência do Incra-MS (Instituto nacional de Colonização e Reforma Agrária)ou a delegacia do MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar) no Estado.

A reportagem do Campo Grande News conversou com João Grandão, que confirmou que as discussões para os nomes dos cargos federais estão sendo feitas junto com seu grupo político, mas as definições ainda dependem das articulações em Brasília.

Advogado por formação, João Grandão disse que coloca seu nome a disposição do grupo para assumir cargos de direção no governo federal, mas que as discussões da conjuntura estão sendo feitas de modo, que as nomeações não façam ninguém ficar constrangido.

Devido ao seu relacionamento afinado com assentados e agricultores familiares sua indicação poderia ir para o Incra-MS, que teve seu último administrador indicado pelo ex-senador, Valter Pereira (PMDB) ou a administração da delegacia regional do MDA.

João Grandão exerceu o mandato de deputado federal por duas vezes e em 2006 após não reeleger foi um dos denunciados na “CPI dos Sanguessugas”, que envolvia o retorno financeiro (propina) de compras de ambulâncias em Mato Grosso do Sul e outros Estados.

Ibama

Outro petista que também pleiteia assumidamente uma vaga em cargos federais em Mato Grosso do Sul é o ex-deputado estadual Amarildo Cruz (PT). Amarildo voltou a sua rotina de trabalho de antes de entrar na vida política, a de fiscal de rendas do Estado.

Segundo o Cruz, seu grupo discute sua indicação para a direção do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais renováveis) no Estado.

“As conversas ainda estão caminhando, mas ainda não há uma definição de nomes e datas para ocorrerem as nomeações, mas o PT brigará por todos os cargos federais no Estado”, afirmou o ex-deputado.