Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 24 de Outubro de 2021

Política

Fiems e Governo de Atacama assinam acordo de cooperação técnica e tecnológica

O presidente Sérgio Longen reuniu-se com a governadora Ximena Quilodrán e com o reitor Celso Arias

Daniel Pedra/Região News

23 de Março de 2011 - 10:42

Fiems e Governo de Atacama assinam acordo de cooperação técnica e tecnológica
Fiems e Governo de Atacama assinam acordo de coopera - Foto: Daniel Pedra

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, a governadora do Estado chileno de Atacama, Ximena Matas Quilodrán, e o reitor da Universidade de Atacama, Celso Arias, assinaram, na noite de ontem (22/03), no 6º andar do Edifício Casa da Indústria, acordo de cooperação técnica e tecnológica para a transferência de conhecimentos, inovação e tecnologia que venham a aprimorar e elevar os níveis educacionais da população de ambos os Estados. Ainda pelo acordo, será dada ênfase na educação profissionalizante técnica e na tecnologia associada aos processos produtivos, buscando o apoio e o desenvolvimento da indústria de Mato Grosso do Sul e Atacama.

Segundo Sérgio Longen, as ações do Sistema Fiems fazem parte da concretização do compromisso estratégico com o desenvolvimento da indústria estadual e com o fortalecimento da imagem do Brasil e do Chile no exterior, aproveitando os acordos comerciais subscritos pelo governo chileno que favorecem as cadeias produtivas. “Nossa intenção, é construir uma agenda de trabalho com Atacama, que será definida após uma visita à região chilena de uma missão empresarial composta por representantes dos segmentos de mineração, construção civil, alimentos. As nossas indústrias precisam aproveitar os acordos alfandegários do Chile com diversos países para o fortalecimento do comércio exterior, bem como a previsão de investimentos da ordem de US$ 17,3 bilhões na região de Atacama nos próximos anos”, pontuou.

Resultado

Já a governadora Ximena Quilodrán reforçou que a assinatura do acordo de cooperação técnica e tecnológica para a transferência de conhecimentos, inovação e tecnologia é o principal resultado da visita a Mato Grosso do Sul. “Estamos muito orgulhosos de sermos o primeiro Estado do Chile a firmar esse tipo de acordo com Mato Grosso do Sul, pois já existem convênios nesse sentido entre o Brasil e o Chile, mas essa é a primeira vez que um Estado chileno assina um termo de cooperação diretamente com outro Estado brasileiro”, garantiu.

Ela destaca que sem dúvida o termo de cooperação trará bons resultados para Mato Grosso do Sul e Atacama, mas, principalmente, para o Estado chileno. “Por meio desse acordo internacional, poderemos avançar em tecnologia e aproveitar o know how do Senai na qualificação profissional. Além disso, ao conversar com o presidente Sérgio Longen, definimos a construção de uma agenda concreta de trabalho para promover o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul e Atacama com diferentes oportunidades de negócios para ambos os Estados”, declarou.

Termos do acordo

O acordo de cooperação técnica e tecnológica para a transferência de conhecimentos, inovação e tecnologia estabelece que o Sistema Fiems, por congregar uma entidade com a competência essencial de capacitação profissional e de serviços técnicos e tecnológicos, se propõe a envidar esforços para promover a transferência de suas tecnologias de ensino, cursos e programas em condições favoráveis e diferenciadas nas áreas do conhecimento que venham a ser identificadas como de interesse da região de Atacama, com destaque especial para os setores de extração mineral, construção civil, energia, meio ambiente e metal-mecânica.

Caberá ao Governo de Atacama e à Universidade de Atacama a identificação de oportunidades de intercâmbio em áreas que sua região apresenta inovações e competências, com destaque para extração mineral e turismo. Além disso, para a plena viabilização e execução dessas iniciativas que envolvem intercâmbio de conhecimentos e inovações técnicas e tecnológicas, capacitação de multiplicadores e transferência de know-how, ambas as partes se propõem a proceder à realização de reuniões de trabalho e a visitas técnicas, visando à identificação e detalhamento de ações de cooperação que promovam o intercâmbio destas experiências.

Ainda como parte do terceiro dia de programação da visita da delegação chilena ao Estado, o grupo, após assistir a apresentação sobre o Senai feita pelo gerente técnico Jesner Escandolhero, esteve, na noite de ontem, nas dependências da FatecSenai Campo Grande, onde conheceram a unidade móvel de automação industrial, os kits didáticos nas áreas de construção civil, o Centro de Operações Logísticas do Senai, o LabSenai Metrologia e a oficina de costura industrial. “Fizemos questão de detalhar todos os serviços disponibilizados pela FatecSenai por meio da infra-estrutura montada na Capital”, disse o gerente Artur Quintella.