Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 20 de Julho de 2024

Política

Justiça Eleitoral suspende pesquisa Ranking da eleição de Antônio João

Segundo o advogado Luiz Palermo, entre as inconsistências identificadas está a utilização do plano amostral de Caracol, enquanto a coleta de dados foi feita em Antônio João.

Redação

19 de Junho de 2024 - 17:14

Justiça Eleitoral suspende pesquisa Ranking da eleição de Antônio João
Município de Antônio João. Foto: Divulgação.

A juíza Sabrina Rocha Margarido João, da 52ª Zona Eleitoral, impugnou e proibiu a divulgação da pesquisa da Ranking Brasil Inteligência sobre a disputa pela Prefeitura de Antônio João. Em caso de descumprimento da decisão, a empresa estará sujeita a uma multa de R$ 20 mil.

A juíza acatou a representação ajuizada pelos advogados Luiz Claudio Palermo, Higor Carvalho Florêncio e Guilherme Chadid, que representaram a Executiva Municipal do PSB. Eles apontaram uma série de irregularidades na formulação da amostragem, comprometendo o resultado final apurado. Segundo o advogado Luiz Palermo, entre as inconsistências identificadas está a utilização do plano amostral de Caracol, enquanto a coleta de dados foi feita em Antônio João.

Os advogados apontaram uma série de irregularidades na formulação da amostragem, comprometendo o resultado final apurado."

Além disso, a empresa de pesquisa teria violado a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) ao não anexar a autorização dos entrevistados para fazer a estratificação da intenção de voto conforme a opção religiosa que declararam. "A LGPD garante o direito de saber a finalidade da pesquisa e que seus dados estarão preservados", explica Palermo.