Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 17 de Outubro de 2021

Política

Moka defende demarcação, mas diz que produtor não pode pagar dívida sozinho

Moka também defendeu a adoção de políticas específicas para a região de fronteira, como forma de aproximar o Brasil do Paraguai e Bolívia.

Assessoria

28 de Março de 2011 - 18:00

O senador Waldemir Moka (PMDB) defendeu a demarcação de terras indígenas em Mato Grosso do Sul, no entanto, afirma que o produtor não pode “pagar sozinho essa conta que é de toda a sociedade”.

O parlamentar argumenta que os produtores que tiverem suas áreas desapropriadas pela União têm o direito de receber o valor justo pela terra e benfeitorias.

“A maioria dessas terras é habitada há mais de século pelas mesmas famílias, cuja posse vem passando de pai pra filho”, justifica.

Moka também defendeu a adoção de políticas específicas para a região de fronteira, como forma de aproximar o Brasil do Paraguai e Bolívia.

Uma das sugestões é que esses países desenvolvam ações para melhorar a relação comercial, proteger os rebanhos animais e dar mais segurança às populações vizinhas.

O peemedebista participou, no sábado, da abertura da 37ª Feira Agropecuária de Ponta Porã, a Exporã.