Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 25 de Janeiro de 2022

Política

Pesquisa IBRAPE mostra favoritismo de André na disputa por vaga no Senado

O detalhamento da pesquisa mostra que o governador lidera tanto na Capital, quanto no interior do Estado.

Flávio Paes/Região News

27 de Outubro de 2013 - 22:30

Pesquisa IBRAPE mostra favoritismo de André na disputa por vaga no Senado

A pouco menos de um ano da eleição, o governador André Puccinelli aparece como  favorito na disputa pelo Senado e de longe é o nome mais competitivo do seu partido, o PMDB, para a vaga. Pesquisa do IBRAPE sobre intenção de voto mostra que no confronto com deputado do PSDB, Reinaldo Azambuja, André aparece com  54% das intenções de voto, enquanto o parlamentar tucano obteve 26%; 5% declararam intenção de votar nulo ou branco e 13%, se disseram indecisos.

Se o confronto for entre o deputado e a vice-governadora Simone Tebet, o cenário se inverte: Reinaldo lidera com 36% e  Simone, obteve 29%. O número de indecisos aumenta (23%) e também daqueles que mostraram intenção de anular ou votar em branco (12%).

O detalhamento da pesquisa  mostra que o governador lidera tanto na Capital, quanto no interior do Estado. Em Campo Grande André tem  49% das intenções de voto, enquanto Reinaldo, obteve 34%.  Computando-se apenas o interior, a vantagem,  do governador é ainda maior:57 a 22%.

A pesquisa do IBRAPE foi realizada entre os dias 16 e 27 de setembro, abrangendo as oito microrregiões de Mato Grosso  do Sul, com 2.313 entrevistas. A margem de erro da pesquisa estimulada é de 4 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%.

A possibilidade do confronto  pela vaga no Senado entre o governador e o deputado Reinaldo Azambuja só vai se consumar na eventualidade de uma aliança entre PT e PSDB, que vem sendo admitida, embora os partidos sejam adversários na disputa presidencial.  O governador por enquanto, pelo menos  publicamente, tem declarado que não é candidato, preferindo lançar a vice-governadora Simone Tebet como candidata ao Senado.