Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 24 de Outubro de 2020

Política

PSDB ameaça PMDB para segurar Rinaldo na Assembleia Legislativa

Acho que o governador André Puccinelli errou muito. Acredito que ele não vai errar mais uma vez”, comentou o presidente municipal do PSDB em Campo Grande, Carlos Alberto Assis.

Correio do Estado

05 de Novembro de 2012 - 08:00

O PSDB advertiu o governador André Puccinelli (PMDB) que a retirada do deputado Professor Rinaldo Modesto da Assembleia Legislativa com a volta do titular da cadeira, Carlos Marun, atual secretário estadual de Habitação e das Cidades, será considerada represália e a decretação do rompimento definitivo das relações políticas com o PMDB.

“Acho que o governador André Puccinelli errou muito. Acredito que ele não vai errar mais uma vez”, comentou o presidente municipal do PSDB em Campo Grande, Carlos Alberto Assis.

O governador ainda não decidiu, pelo menos em público, a saída de Marun da Secretaria Estadual de Habitação e Cidades para reassumir a sua vaga na Assembleia Legislativa, ocupada hoje pelo suplente Rinaldo Modesto.

Mas os tucanos não escondem a apreensão com a perspectiva de perder espaço no Legislativo por causa das críticas feitas na campanha eleitoral tanto na administração municipal quanto na estadual, além do apoio à candidatura do prefeito eleito Alcides Bernal (PP) no segundo turno.