Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 1 de Dezembro de 2020

Política

PSDB deve perder vaga na Assembleia Legislativa após rompimento

O governador André Puccinelli (PMDB) revelou ontem o desejo de Carlos Marun reassumir a vaga na Assembleia Legislativa como estratégia para concorrer, em 2014, cadeira de deputado federal.

Correio do Estado

09 de Novembro de 2012 - 07:43

PSDB deve perder vaga na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul após rompimento com o PMDB na disputa pela prefeitura de Campo Grande, vencida pelo deputado estadual Alcides Bernal (PP).

Com a iminente volta do deputado licenciado e secretário de Estado de Habitação, Carlos Marun (PMDB) ao Poder Legislativo, o tucano Professor Rinaldo será obrigado a voltar para casa e discutir com a cúpula do PSDB seu destino político.

O governador André Puccinelli (PMDB) revelou ontem o desejo de Carlos Marun reassumir a vaga na Assembleia Legislativa como estratégia para concorrer, em 2014, cadeira de deputado federal. Portanto, não se trataria de represália ao PSDB por se juntar à oposição para quebrar a hegemonia do PMDB no comando da Prefeitura de Campo Grande. Mas se depender do governador, Marun permaneceria na Secretaria Estadual de Habitação e das Cidades até o fim do seu mandato.

Marun disse estar mais motivado a fazer política como deputado estadual a continuar na burocracia da administração pública. André não gostaria de perder mais um “homem de confiança” do seu primeiro escalão.

Ele já ficou sem Mário Sérgio Lorenzetto que saiu da Secretaria Estadual de Fazenda, depois de 14 anos trabalhando juntos, para cuidar de assuntos familiares.