Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 21 de Outubro de 2020

Política

Um dia após aprovação, aumento dos vereadores é publicado

A matéria explica que o vencimento dos parlamentares corresponderá a 75% da remuneração dos deputados estaduais, o que eleva o rendimento dos atuais R$ 9,2 mil para R$ 15.031,76.

Campo Grande News

05 de Dezembro de 2012 - 10:55

A resolução de número 1.155, de 4 de dezembro de 2012, que reajusta os salários dos vereadores de Campo Grande em 61,9% a partir de 1º de janeiro de 2013, foi publicada na edição desta quarta-feira do Diário Oficial do Município.

A matéria explica que o vencimento dos parlamentares corresponderá a 75% da remuneração dos deputados estaduais, o que eleva o rendimento dos atuais R$ 9,2 mil para R$ 15.031,76.

A resolução ainda diz que o total da despesa com a remuneração dos vereadores não poderá ultrapassar 5% da receita do município. Além disso, assegura que as despesas decorrentes ocorrerão por meio de recursos orçamentários próprios.

Surdina – O aumento de salários foi aprovado por unanimidade durante a sessão ordinária de ontem (4) no Legislativo municipal.

Durante o rito da leitura das matérias só foi lido o número da resolução, sem discriminar seu conteúdo. Via de regra, o vereador que preside a sessão lê a numeração do projeto e seu teor antes de colocá-lo em votação.

Agora, o gasto da Casa com a folha dos parlamentares, que hoje é de R$ 194 mil, passará para R$ 435,8 mil, considerando o reajuste e ainda o aumento do número de vereadores, de 21 para 29 em 2013. A ampliação do gasto é de 124%.

Os vereadores defendem o aumento dizendo que os salários não eram reajustados desde 2008. Além do vencimento de R$ 15 mil, eles recebem valor indenizatório de R$ 8,4 mil por mês para custeio de gabinete, como telefone e combustível.