Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 21 de Abril de 2024

Política

Zeca diz que aceita ser vice de Delcídio na prefeitura de Campo Grande para unir PT

Midiamax

14 de Julho de 2011 - 13:12

O ex-governador Zeca do PT afirmou nesta quinta-feira (14) que aceita ser candidato a vice-prefeito do senador Delcídio do Amaral nas eleições de 2012 em Campo Grande. A chapa pura petista já é discutida há algum tempo entre as alas internas do Partido dos Trabalhadores.

"Sempre estive e estarei à disposição do partido. Aceito a composição com o Delcídio para reunificar o PT porque, unidos, temos muito a oferecer para Campo Grande", disse o ex-governador.

As alas petistas AE (Articulação de Esquerda), sob a batuta de Pedro Kemp, e CNB (Construindo um Novo Brasil), sob articulação de Zeca, se reuniram em lugares distintos na última semana, mas ambas saíram dos encontros com o propósito de fortalecer o partido nas eleições municipais do próximo ano.

Durante essas reuniões já foi ensaiada a possibilidade de fazer um grupo forte e com a dobradinha Zeca e Delcídio para que os petistas tirem a hegemonia de mais de 20 anos do PMDB prefeitura de Campo Grande.

Na edição de hoje do Jornal Correio do Estado, representantes das alas petistas disseram que consideram a chapa pura com os dois "imbatível" para demolir o PMDB e seus aliados na Prefeitura de Campo Grande na eleição de 2012".

Lideranças petistas explicam que a dobradinha viabiliza a candidatura do senador Delcídio para o governo do Estado em 2014. Já com a expectativa da possível vitória em Campo Grande, maior colégio eleitoral do Mato Grosso do Sul e tradicional reduto petista, Delcídio ficaria dois anos no poder e cederia a prefeitura a Zeca do PT para disputar o governo do Estado. Outra opção do PT é Gilda dos Santos, caso Zeca do PT recuse.

O membro da Comissão Nacional de Ética do PT nacional, Wilmar Lacerda, disse em visita ao Mato Grosso do Sul que o futuro político do PT no Estado está atrelado a alguma lideranças e entre ela está o Zeca do PT. Ele deu até a receita para que o PT seja vitorioso nas eleições de 2012 e trilhando o caminho da vitória em 2014. “Temos que ter unidade política. O Zeca do PT  tem que unir as forças com todos os filiados e organizar juntos com as outras lideranças as melhores estratégias para vencer “, argumenta.

O deputado estadual Paulo Duarte é um dos defensores dessa dobradinha entre Zeca e Delcídio. "Os dois são fortes lideranças políticas que agregam aliados e têm apoio da população. Temos que deixar no passado as diferenças”, conclui.