Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 30 de Setembro de 2020

Região

Prefeitura da Capital decreta emergência e recomenda fechamento de shoppings e academias

De acordo com o prefeito, se as orientações forem desrespeitadas, a prefeitura vai fiscalizar e fechar os lugares, usando o poder policial.

Campo Grande News

19 de Março de 2020 - 07:46

Em transmissão on-line nesta tarde, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) anunciou decreto de estado de emergência na saúde pública na cidade. A recomendação é de fechamento de shopping centers, academias de ginástica, de todos os parques de lazer e restrição, em 30%, no horário de atendimento de bares e restaurantes.

De acordo com o prefeito, se as orientações forem desrespeitadas, a prefeitura vai fiscalizar e fechar os lugares, usando o poder policial.

No texto do decreto, a orientação é para fechamento por 15 dias de "“shopping center”, centro comercial e estabelecimentos congêneres". Supermercados, farmácias e serviços de saúde, como hospitais, clínicas e laboratórios ficam de fora.

O documento também a realização de eventos com mais de 50 pessoas em estabelecimentos privados. São citados igrejas, cinemas, museus, teatros, bibliotecas e centros culturais

Para tudo- Também está vedada a expedição de novos alvarás de autorização para eventos públicos e temporários e os já emitidos deverão ser revogados.

Praxe em decisões do tipo, a medida dispensa a licitação em casos de compra emergencial de material necessário ao combate à pandemia.