Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 24 de Fevereiro de 2024

SIDROLÂNDIA- MS

M J FEO: Brasil tem a segunda conta energia mais cara

Dentre as fontes renováveis permitidas para isso, a energia solar é a que se destaca.

M J FEO

28 de Novembro de 2022 - 08:13

M J FEO: Brasil tem a segunda conta energia mais cara
M J FEO. Foto: Divulgação.

Nos últimos cinco anos, o custo da energia elétrica no Brasil cresceu 47%. Este aumento contribuiu para que subisse no ranking global, se tornando o segundo país com a conta de luz mais cara do mundo, ficando atrás apenas da Colômbia com dados da Associação dos Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace).

No topo do ranking entre os mais caros ainda encontram-se Turquia (3º), Chile (4%), e Portugal (5%). No lado oposto, ou seja, os países com energia mais baratas, estão Noruega, Luxemburgo, Estados Unidos, Canadá e Suíça.

Por causa disso nossa solução é gerar!

Dentre as fontes renováveis permitidas para isso, a energia solar é a que se destaca, com 99,4% dos sistemas instalados no país sendo alimentados pela abundante luz do sol que chega todos os dias até nós. Com uma queda de 75% em seus custos nos últimos dez anos, fortes incentivos fiscais e linhas de financiamento acessíveis e facilitadas, gerar a própria energia solar nunca esteve tão fácil.