Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 13 de Junho de 2024

CAMPO GRANDE

Em surto, PM já preso com contrabando atira na rua e volta para cadeia

PM foi preso em 2019 com uma carga de cigarros eletrônicos.

Campo Grande News

28 de Maio de 2024 - 14:33

Em surto, PM já preso com contrabando atira na rua e volta para cadeia
Carga de vaporizadores eletrônicos contrabandeados estava em caminhonete S10. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Em surto, um policial militar de 34 anos passou a atirar várias vezes dentro de casa e no meio da rua, no Jardim Los Angeles, em Campo Grande, na madrugada desta segunda-feira (27). Novamente, ele acabou preso em flagrante, desta vez por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.  O militar foi preso em 2019 com uma carga de cigarros eletrônicos, avaliada em R$ 220 mil, e está afastado da corporação.

Segundo boletim de ocorrência, o homem surtou sozinho em casa e passou a realizar disparos dentro do quarto. Na sequência, houve tiros também em outros cômodos, até que ele saiu para a rua. Quando a equipe da Polícia Militar chegou, encontrou os moradores imobilizando o homem em surto.

A PM localizou com ele uma pistola 9 milímetros. Como ainda estava muito agitado com alucinações, o Corpo de Bombeiros socorreu o militar, que foi encaminhado a uma unidade de saúde e depois para a delegacia de polícia. Ele afirmava que alguém iria matá-lo. A perícia encontrou marcas de tiros nas paredes de dois quartos e da cozinha onde Vagner morava.

Preso em flagrante, o policial militar passou por audiência de custódia e o juiz concedeu a liberdade provisória, mediante algumas medidas cautelares, como manter o endereço atualizado na justiça e recolhimento domiciliar noturno, entre as 20h e 6h.

Vagner foi preso em julho de 2019 ao ser flagrado com uma carga de R$ 220 mil em cigarros eletrônicos, que estavam em uma caminhonete Chevrolet S10. A apreensão foi feita por policiais rodoviários federais no Posto Capey, no km 68 da BR-463, que liga Ponta Porã a Dourados.