Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 4 de Dezembro de 2021

Coronavírus

Professor de 36 anos morre de Covid após 10 dias da morte do pai; mãe segue na UTI

Internado desde o dia 11 de abril, data em que completou 36 anos, o professor de língua portuguesa, Mauro Martinez, morreu nesta sexta-feira de Covid-19.

Flávio Paes/Região News

07 de Maio de 2021 - 22:20

Professor de 36 anos morre de Covid após 10 dias da morte do pai; mãe segue na UTI
Professor Mauro Martinez. (Foto: Arquivo)

Internado desde o dia 11 de abril, data em que completou 36 anos, o professor de língua portuguesa, Mauro Martinez, morreu nesta sexta-feira de Covid-19. Ele dava aula na escola municipal do Assentamento João Batista, concursado desde agosto de 2019. Morreu 10 dias após o pai, Maurício Soares, que também era professor na Escola Municipal João Ponce de Arruda, em Ribas do Rio Pardo, ter perdido a luta contra o Covid-19.

Professor de 36 anos morre de Covid após 10 dias da morte do pai; mãe segue na UTI
Mauro Martinez, Hermelinda e o pai (dor) Maurício Soares. (Foto: Reprodução)

A mãe dele, Hermelinda Martinez, 62 anos, que também contraiu o novo coronavirus, está internada no Hospital da Cassems. Chegou a ser intubada, seu quadro de saúde melhorou e já foi estubada, mas seu estado ainda inspira cuidados. Segundo a diretora da escola, Giovana Aparecida Freitas, embora tivesse se mudado para o assentamento há menos de dois anos, o professor Mauro já havia conquistado a simpatia e a amizade de toda a comunidade escolar. "Era uma pessoa culta e educada", testemunha a professora.

Ele passou na casa dela no dia 29 de março para deixar as atividades aos alunos e já apresentava sintomas da doença. Foi para Ribas do Rio Pardo onde seus pais moravam. No dia 1º de abril mandou mensagem para a diretora que os pais testaram positivo e ele iria fazer o exame. No dia 5 saiu o resultado com a confirmação de que o professor também estava com Covid-19. A última vez que a diretora falou por telefone com Mauro foi em 10 de abril, quando ele lhe detalhou os sintomas que estava sentindo. Em 11 de abril o professor acabou internado no Hospital Regional, dia 17 foi intubado e transferido para o CTI.

Seis mortes

Com a morte do professor Mauro Martinez, Sidrolândia encerra a primeira semana de abril com 6 mortes por Covid-19. Ao todo já são 123 óbitos desde o início da pandemia. Nos últimos três dias foram 4 mortes. Na quinta-feira faleceram o fotógrafo Pedro Pacheco Ferreira, 73 anos; o comerciante Leo Barreto e o bancário Carlos Roberto Suarez, colega de banco (Sicoob), de Eder Cacho, que faleceu no dia 30 de abril.