Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 21 de Abril de 2024

SIDROLÂNDIA- MS

Promotoria recorre ao TJ para dobrar pena de motorista preso com 3,7 /t de drogas

A promotora Daniele Borghetti entrou com recurso junto ao Tribunal de Justiça para tentar pelo menos dobrar essa pena.

Redação/ Região News

25 de Fevereiro de 2024 - 20:26

Promotoria recorre ao TJ para dobrar pena de motorista preso com 3,7 /t de drogas
As Drogas estavam escondidas no fundo falso de um caminhão-baú. Foto: Lucas Martins/Região News.

 Já está tramitando na 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, com relatoria do desembargador Fernando Paes Campos, a apelação criminal da promotora Daniele Borghetti contra a sentença do juiz Ricardo Adelino Suaid. O magistrado condenou a 4 anos e 7 meses, em regime semiaberto, Nicolas Augusto Schimidt, preso em 25 de janeiro do ano passado, quando transportava num caminhão 3.740 kg de maconha, distribuídos em 558 fardos. Como Nicolas já ficou preso 8 meses em regime fechado, em breve ele poderá pleitear o regime aberto com uso de tornozeleira eletrônica.

A promotora Daniele Borghetti entrou com recurso junto ao Tribunal de Justiça para tentar pelo menos dobrar essa pena. A representante do Ministério público contesta o entendimento do magistrado que atenuou a pena do motorista porque não haveria provas no processo do envolvimento dele com organizações criminosas. " O Ministério Público discorda em grande parte da decisão do excelentíssimo juiz, tendo em vista que este órgão observou que há sim provas suficientes que indicam que Nicolas tem contato com organização ou a integra, mesmo que em posto de baixa hierarquia. Registra-se, à exaustão que o sentenciando foi contratado para transportar quase 4 milhões de maconha, avaliada em aproximadamente R$ 6 milhões. De igual forma, é notório que no âmbito das organizações criminosas dificilmente esse tipo de serviço é confiado a iniciantes, ou seja, simples mulas, tendo em vista a grande quantidade de drogas, bem como 4 carregadores com capacidade de armazenamento de 50 cartuchos. Logo, é incabível acreditar que alguma organização confiaria mais de R$ 6 milhões em drogas a um freelancer ".

Apreensão 

Promotoria recorre ao TJ para dobrar pena de motorista preso com 3,7 /t de drogas
Pesou mais de 3,7 toneladas (exatos 3.740 quilos) de droga. Foto: Lucas Martins/Região News.

Pesou mais de 3,7 toneladas (exatos 3.740 quilos) de droga apreendida dia 25 de janeiro do ano passado pela Polícia Rodoviária Federal na base operacional da PRF em Sidrolândia. O entorpecente estava camuflado num fundo falso atrás da cabine do caminhão-baú.

O motorista, Nicolas Augusto Schimidt, 29 anos, disse aos policiais que teria sido contratado por R$ 1 mil para fazer o frete de agrotóxicos até Campo Grande. Nicolas levava também carregadores de pistola 9 milímetros escondidos no fundo falso de um caminhão-baú.