Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 21 de Abril de 2024

SIDROLÂNDIA- MS

Rejeitada em janeiro, proposta salarial da JBS é aprovada em nova assembleia

Se na assembleia do dia 24 de janeiro, a proposta da JBS foi rejeitada por ampla maioria, 81,18% (1.234 votos), agora foi aprovada por 80,36% (1.068).

Redação/ Região News

11 de Fevereiro de 2024 - 19:25

Rejeitada em janeiro, proposta salarial da JBS é aprovada  em nova assembleia
Proposta salarial da JBS é aprovada por 80,36% (1.068 votos). Foto: Divulgação

Menos de um mês depois da última assembleia, realizada em 16 de janeiro, os trabalhadores da JBS mudaram de ideia e acabaram aceitando a proposta da JBS.

Se na assembleia do dia 24 de janeiro, a proposta da JBS foi rejeitada por ampla maioria, 81,18% (1.234 votos), agora foi aprovada por 80,36% (1.068). Com a deliberação (255 votaram contra e 6 em branco) os 2.500 trabalhadores da JBS, terão reajuste de 5,62% no piso salarial (que passaria de R$ 1.467,50 para R$ 1.550,00) e 4,14 % para os demais trabalhadores. O aumento é retroativo a 1⁰ de novembro.

O Sindicato que representa a categoria levou para a mesa de negociação o pedido de 12% para o salário normativo e 10% a remuneração dos demais funcionários. O Sindicato reivindicou reajuste de 20% no valor da cesta básica de R$ 300,00. A empresa propôs acrescentar mais, um pacote de farinha  de  fubá de 500 gramas.