Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 1 de Agosto de 2021

Policial

Casal é preso ao tentar despachar duas caixas com maconha pelos Correios

Campo Grande News

23 de Junho de 2021 - 09:27

Casal é preso ao tentar despachar duas caixas com maconha pelos Correios
Flagrante foi feito em agência dos Correios, após denúncia feita à Polícia Civil (Foto/Reprodução)

Casal de 22 e 19 anos foi preso em flagrante ao tentar despachar duas caixas com maconha pelos Correios. Esta seria a 6º vez que fariam o serviço, encomendado por rapaz que conheceram há dois meses, na Praça do Rádio Clube. Os dois, ele com 22, ela com 19 anos, moram juntos em casa no Jardim Noroeste, não trabalha, e nem estudam. Na audiência de custódia, esta manhã, a prisão em flagrante foi convertida em preventiva pela Justiça.

O flagrante aconteceu ontem à tarde, depois que policiais da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) receberam denúncia de que casal iria despachar drogas por meio de agência na rua Joaquim Murtinho. Os policiais ficaram de vigilância até a chegada do casal com as roupas e características físicas descritas pelo denunciante. Os jovens aparentavam nervosismo e foram abordados.

A garota carregava duas caixas de papelão, onde foram encontrados dois tabletes de maconha, sendo que uma seria enviada o Espírito Santo e outro para Bahia. Os dois moram com a mãe dele, no Jardim Noroeste, não trabalha, nem estudam. O rapaz, de 22 anos, disse que ele e namorada foram contratados por R$ 100, sendo R$ 50 por caixa despachada. Esta seria a 6ª vez que mandariam a droga pelos Correios. Não consta no registro da ocorrência o depoimento da garota, de 19 anos.

Em seu depoimento à Polícia Civil, o rapaz disse que trabalha esporadicamente como garçom. Há dois meses conheceu homem, que não soube dizer o nome, na Praça do Rádio Clube, que lhe propôs despachar umas encomendas e pediu seu telefone. A partir daí, recebia ligações dele e já tinha feito “umas cinco postagens”. Ontem à tarde, recebeu mais uma ligação e foi com a namorada encontrar o rapaz na rua Joaquim Murtinho. Disse, aliás, que foi a garota quem recebeu os pacotes, o dinheiro e se encarregou de despachar as caixas, enquanto ele somente a acompanhava. Alegou que não sabia o conteúdo das encomendas despachadas.