Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 21 de Junho de 2024

Policial

Padres são acusados de cometer abusos sexuais contra uma jovem na Espanha

A arquidiocese diz que submeteu as conclusões de uma investigação interna ao Vaticano e se colocou à disposição da justiça

Correio Braziliense

17 de Novembro de 2014 - 16:29

A arquidiocese de Granada (Andaluzia, sul) suspendeu padres acusados de abusar sexualmente de uma jovem, enquanto a Justiça espanhola abriu uma investigação preliminar.

"O Tribunal de Granada abriu no início de novembro uma investigação por abuso sexual. Doze pessoas estão sendo investigadas, mas não sabemos se todos são padres", indicou à AFP uma fonte judicial, confirmando informações publicadas no Religiondigital.com.

Segundo o site, "o Papa Francisco exigiu a abertura da investigação sobre os abusos nessa diocese".

Já a arquidiocese anunciou a suspensão de um grupo de padres à espera dos resultados do inquérito judicial, alegando que vai seguir "escrupulosamente o procedimento previsto" para esses casos. "A partir do momento que estivemos cientes da acusação apresentada à Santa Sé por uma jovem de Granada, de que teria sido abusada sexualmente por um grupo de sacerdotes da diocese, esta arquidiocese seguiu atentamente o procedimento para estes casos de disciplina canônica", afirmou a arquidiocese em um comunicado.

A arquidiocese diz que submeteu as conclusões de uma investigação interna ao Vaticano e se colocou à disposição da justiça. Desde que se tornou Papa, Francisco prega tolerância zero contra a pedofilia, após o surgimento de vários casos nos últimos anos que afetaram a Igreja Católica.