Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 19 de Abril de 2021

Policial

PMA apreende caminhão com carga de madeira ilegal e multa em R$ 3,3 mil madeireira de Cacoal (RO)

O Itinerário constava, Rondônia, Mato Grosso, Goiás e à cidade de Fronteira (MG), destino final da madeira

PMA/MS

10 de Novembro de 2014 - 13:08

Policiais Militares Ambientais de Aparecida do Taboado (MS) realizavam fiscalização ontem à tarde (9), nas proximidades do Posto Fiscal Itamarati, na divisa com o Estado de São Paulo e apreenderam um caminhão com carga de madeira serrada transportada ilegalmente. O caminhão VW, com placas de Santa Fé do Sul (SP) transportava 11 m³ de madeira e o itinerário que constava na documentação ambiental não passava por Mato Grosso do Sul, o que é ilegal e permite a apreensão e autuação. O Itinerário constava, Rondônia, Mato Grosso, Goiás e à cidade de Fronteira (MG), destino final da madeira.

O caminhão com a madeira pertencente a uma empresa com domicílio jurídico em Cacoal (RO) foi apreendido. A empresa infratora foi autuada administrativamente e multada em R$ 3.300,00. O material apreendido e o veículo foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Aparecida do Taboado. Os responsáveis pela empresa responderão por crime ambiental e poderão pegar pena de seis meses a um ano de detenção.

Esta foi a quarta carga ilegal apreendida pela PMA no último fim de semana. Nos dias 7 e 8 à noite, a PMA de Cassilândia havia apreendido três cargas ilegais. Tem sido comum este tipo de apreensão de madeira advinda da região Norte do Brasil. Os madeireiros conseguem a guia para uma quantidade de madeira e enviam a mais, para não pagar a reposição florestal, ou para passar madeira produto de desmatamento ilegal. Também mudam o itinerário para utilizar documento de outra carga, às vezes, já transportada anteriormente.