Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 22 de Setembro de 2021

Policial

Sobrinha diz que matou o tio porque ele teria tentado esfaquear o pai dela

Ainda conforme a versão de Luciene, de posse de um martelo acertou na cabeça tio, Justino Morale, que acabou ferido mortalmente.

Flávio Paes/RN

01 de Agosto de 2021 - 21:36

Sobrinha diz que matou o tio porque ele teria tentado esfaquear o pai dela
Polícia Militar durante escavação. Foto: Divulgação

Assassina confessa do tio, Justino Morale, morto há um ano e enterrado no quintal da casa dele, no depoimento prestado à Polícia Civil alegou ter agido em defesa do pai, José Dolores. Conforme a versão de Luciene Morale, 48 anos, há cerca de um ano ela, o pai, o tio e o enteado dela, Marcos Antônio dos Santos, estavam reunidos, bebendo.

Em determinado momento, o pai dela e o tio iniciaram discussão. Justino teria partido pra cima de José Dolores e o golpeado na cabeça com uma faca. Ainda conforme a versão de Luciene, de posse de um martelo acertou na cabeça tio, Justino Morale, que acabou ferido mortalmente.

Com a ajuda de Marco Antônio, que é enteado dela, enterrou o corpo do próprio tio no quintal da casa dele na Rua Tomás da Silva França. Ficou lá morando alguns meses, mas acabou se mudando para um barraco no Assentamento Jatobá. O crime permaneceu em segredo até sábado quando a Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima de que um homem havia sido morto no próprio quintal da casa dele.

Os policiais, com ajuda dos bombeiros, fizeram escavações e encontraram o cadáver de Justino, um idoso de 65 anos, desaparecido há um ano.