Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 31 de Julho de 2021

Política

Enelvo acusa Vanda de infiltrar secretário para provocar tumulto e garante que pagou cabos eleitorais

Desde o início da tarde desta sexta-feira cabos eleitorais se aglomeram em frente do comitê do PSDB no Bairro São Bento à espera de pagamento.

Flávio Paes/Região News

12 de Junho de 2021 - 09:40

Enelvo acusa Vanda de infiltrar secretário para provocar tumulto e garante que pagou cabos eleitorais
Candidato do PSDB a Prefeitura de Sidrolândia, Enelvo Felini. Foto: Reprodução/Rede Social

Em pronunciamento pelas redes sociais, o candidato do PSDB a Prefeitura de Sidrolândia, Enelvo Felini, acusou sua adversária Vanda Camilo de ter infiltrado o secretário, Eidson Brito (de Desenvolvimento Econômico), em frente do comitê da campanha tucana e o empresário Ueverton da Silva Macedo, o Frescura para incitar os cabos eleitorais a protestar e tentar invadir o espaço no início da noite para cobrar seus pagamentos.

"Temos provas, inclusive fotografias, de que estas pessoas agindo a mando da nossa adversária promoveram o tumulto", acusa Enelvo, garantindo que neste sábado pagará os compromissos financeiros com os cabos eleitorais.

"Sempre ao longo das 9 campanhas das quais participei, sempre honrei meus compromissos financeiros", garantiu.

Desde o início da tarde desta sexta-feira cabos eleitorais se aglomeram em frente do comitê do PSDB no Bairro São Bento à espera de pagamento. A situação ficou tensa e exigiu a presença da Polícia Militar, quando o ex-vereador David Olindo teria discutido com uma senhora residente no prédio vizinho e o filho dela, se indignou com tratamento dispensado a mãe por Olindo e partiu pra cima do politico.