Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 17 de Maio de 2021

Sidrolândia

Com pedido da Agesul, Secretaria inicia processo de licenciamento do acesso ao frigoríficopqPP

Com o licenciamento ambiental a obra interrupta em janeiro poderá ser retomada.

Flávio Paes/Região News

20 de Abril de 2021 - 14:31

Com pedido da Agesul, Secretaria inicia processo de licenciamento do acesso ao frigoríficopqPP
Prefeita Vanda Camilo, engenheiros da Agesul e o engenheiro Jônatas Kachorroski. Foto: Assessoria de Imprensa

Com a formalização do pedido pela Agência Estadual de Empreendimentos, publicado no Diário Oficial, os engenheiros da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, iniciaram o processo de licenciamento ambiental da obra de acesso ao Frigorífico Balbinos. Eles fizeram vistoria na manhã desta terça-feira na área de intervenção.

Com o licenciamento ambiental a obra interrupta em janeiro poderá ser retomada. Há uma semana os engenheiros da Agesul apresentaram o projeto de drenagem e pavimentação asfáltica da extensão da Rua Dr. Costa Marques e parte da Rua Projetada 3, região do Jardim Paraíso, acesso ao Frigorífico Balbinos. Parte da drenagem será uma travessia de um trecho da tubulação na chácara de Sílvio Martins.

Às margens do Rio Vacaria, onde a enxurrada vai desaguar, será construído um dissipador de energia. A obra será retomada, após três meses de paralisação tão logo a Secretaria de Meio Ambiente conceda o licenciamento.

A prefeita intercedeu junto ao dono da chácara para que ele concedesse anuência liberando a passagem da tubulação por dentro da propriedade. O município ofereceu como medida compensatória, a construção de duas bocas de jacaré (estações de captação de enxurrada) que vão livrar de alagamentos uma parte da chácara.

A prefeita Vanda Camilo e o engenheiro Jônatas Kachorroski, do Departamento de Planejamento (Deplan) – vinculado à Secretaria de Governo e Desburocratização (Segov) – recepcionaram engenheiros da Agesul que detalharam o projeto.

Agora, a Câmara Técnica se reunirá para analisar e aprovar o licenciamento ambiental, que será concedido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente (Sederma).

A Prefeitura contou com o apoio do deputado estadual Gerson Claro na interlocução junto ao Governo do Estado para o investimento de mais de R$ 1,4 milhão no projeto, muito importante para o desenvolvimento da região entre o Bairro São Bento e o Jardim Paraíso, principalmente para as pretensões do Frigorífico Balbinos, de ampliar a geração de empregos a partir da ativação da sala da desossa e a habilitação para exportação.

A obra é custeada com recursos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário do Estado de Mato Grosso do Sul) e estava sendo realizada pela empresa CRB Engenharia.